Capítulo 11, Meu livro

11 Disseminando Conhecimento…

Você já parou para ler?  Já parou para pensar?  Já parou para escrever?  Já teve oportunidade de falar?  Já parou para ouvir? Já se deixou ser transformado? Já criou alguma coisa? Então dê o primeiro passo, e minha sugestão é que, seu primeiro passo, seja acordar para a vida!!!…

No Programa “Tribuna do Esporte”, transmitido pela TV Assembléia em 25/12/2003, Alex Dias Ribeiro (piloto e empresário), fez a seguinte comparação: “nosso corpo é o chassi, nossa mente é o computador e nosso espírito é o software, pois somos seres tridimensionais”.

Na minha concepção, a parte física do computador (hardware), que está dentro do gabinete Mentor, contém a placa mãe, que seria nosso corpo e a CPU nosso cérebro. A parte dos programas e aplicativos (software), seria nosso espírito onde nossa alma (livre-arbítrio) atua com raciocínio para dar comandos ao nosso corpo.

“A grande finalidade do conhecimento não é conhecer, mas agir.”  (Thomas Henry)  (61)

Você existe? Eu ainda tenho dúvidas!

No meu entender, só considero que uma pessoa existe desde que ela tenha cérebro e seja criativa. O cérebro ativado pelo espírito criativo tem a função de raciocinar sobre algo que já existe e visualizar os erros e acertos; seu principal objetivo é aprimorar de alguma forma, a situação na qual estamos inseridos.

Se você, querido leitor, é conformado com o que está acontecendo no mundo, e não faz “nada” para melhorar, eu começo a duvidar se você existe mesmo; a menos que você consiga me provar o contrário!!!…  Talvez sua atitude está sendo como a de um computador, que só funciona a partir do momento que alguém der um comando, para que algo seja produzido.

“Se nos escondermos num canto escuro abafando nossos questionamentos, não escutaremos o rumor do vento nas árvores do mundo.” (82)

“Se você não descobrir e desafiar suas próprias convenções, novos competidores  farão isso por você.” (Gary Hammel, estrategista empresarial). (4)

‘Mas não existe outra alternativa: “Se você não é parte do rolo compressor, é parte da estrada”.  (Anônimo)  (4)

As pessoas que apenas absorvem o conhecimento em si, e não o processam com o objetivo de construir algo que seja acima daquilo que recebeu, são apenas computadores que são manipulados por seus superiores.  São fatalistas e crêem que “tudo está escrito” e, portanto, nada poderá ser mudado.  Leia as seguintes passagens bíblicas e você compreenderá melhor, como está em suas mãos mudar o rumo de sua vida: (1: Ex. 32: 7-14 e 30 a 34; Dt. 30:11-20;  Pv. 6:6-19, 19:19-20, 20:4 e 24:10; Ap. 3:20-21)

Pensamentos são informações importantes

“Para não morrermos soterrados na poeira da banalidade embora pareça que ainda estamos vivos, é preciso pensar.” (82)

Cada pensamento é uma informação e todos eles são de certa forma preciosos.  Quantas informações preciosíssimas já se perderam pelos labirintos de meu cérebro; apesar de lamentar, não consigo recuperá-las, apenas pude aprender uma lição: não perder mais as informações que receberei daqui por diante.

Se algum dia, você tiver a oportunidade de visualizar alguém, fazendo anotações em algum lugar que possa lhe parecer absurdo ou bizarro, como no meio da rua, na farmácia, no supermercado, num restaurante ou em algum shopping, saiba que essa pessoa está na mesma condição que eu; depois de perder tantas informações, já não mais se importa com o que os outros pensam dela.

Você já salvou seus pensamentos?

Qualquer lugar é lugar para escrever, ou melhor “salvar” informações, antes que algum “vírus” do cotidiano as destrua.

“As pessoas não existem senão para os outros, não se conhecem senão pelos outros, não se encontram senão pelos outros.”  (50)

Você é realmente cristão e religioso como diz ser? Você acredita na Bíblia Sagrada e faz o que ela manda?  Então por quê está aí, parado como um espectador, admirando a vida passar?… Faça alguma coisa!!!…

“O homem fechado é uma pérola, mas na concha; é ouro, mas na mina; é sol, mas no eclipse de seu egoísmo. O homem aberto é manancial que jorra; é flor que aromatiza; é dínamo que move o mundo dos corações.”  (50)

Você já encontrou uma asa-delta perfeita?

Os grandes sábios e grandes filósofos deste mundo tentaram planar acima do conhecimento, como se fossem verdadeiros asa-deltas; depois de tantos erros e desacertos, entenderam que nunca chegariam a sê-lo, mas poderiam utilizá-la para que pudessem planar sobre as asas do vento e sentir o doce prazer de voar.

Eu ouso a afirmar que a Bíblia Sagrada (1) é a verdadeira asa-delta que Deus nos deixou, para que pudéssemos voar acima de todo conhecimento já existente, e alcançarmos posições cada vez mais elevadas…..

Assim como sem uma asa-delta, não conseguimos voar, se não utilizarmos a Bíblia Sagrada como livro base, para buscarmos respostas para nossas inquietações, estaremos procedendo como um deficiente visual, que anda tateando (1: At. 17:27), para não tropeçar e acabar se machucando.

Você já tem bússola para navegar no mar do conhecimento?

Ninguém fará um equipamento funcionar, baseado num manual elaborado por um concorrente daquele fabricante.  Da mesma forma, Deus nos deixou um manual de instruções, para que pudéssemos nos orientar por ele, A Bíblia Sagrada. (1)

“Não há vento a favor, quando não se sabe para onde vai.”  (Sêneca)  (63)

A Bíblia Sagrada é como um verdadeiro GPS, que é um equipamento de navegação já disponível também para os automóveis brasileiros. Ele funciona através de um comando de voz e é fácil de operar.

“O usuário fornece o endereço de destino, informando a cidade, a rua e o número. Aguarda alguns segundos, e pronto: ele traça o caminho, calcula a distância e até o tempo estimado, sem considerar o trânsito. A partir daí é só seguir as instruções em português e em voz masculina. O equipamento indica se o motorista deve permanecer à esquerda ou à direita em uma via, e avisa com antecedência (500 m, 200 m e ao chegar bem próximo) quando se deve virar em outra rua.  Se o comando não for obedecido, ele recalcula a rota e indica um novo caminho.” (51)

A Bíblia Sagrada contém um exemplo que ilustra bem essa questão do GPS: quando Moisés enviou doze espias para conhecerem a tal Terra prometida por Deus a Israel, eles levaram apenas quarenta dias; nos questionamos então, porque o povo peregrinou no deserto, por quarenta anos, para fazer a mesma trajetória?! (1: Nm. 14:34).

Creio que se o povo de Israel, tivesse obedecido às instruções que Deus lhes havia dado através de Moisés, utilizando-as como uma bússola, ou seja, como um verdadeiro GPS, a trajetória deles não teria sido “recalculada” como aconteceu.  Deus “recalculou” a trajetória determinando um ano de prorrogação para cada dia gasto pelos espias; foi por isso que levaram quarenta anos para chegar efetivamente na Terra prometida. (1: Nm. 14:34).

“Sem a orientação dos livros, na melhor das hipóteses, você pode apenas fazer conjecturas. Sem elas, você será como um navio em alto-mar sem mapas e sem bússola; é possível que chegue a algum lugar, mas você não tem uma direção a seguir.”  (40)

Ainda que todos os cientistas, filósofos e sábios deste mundo busquem conhecimento, não podem relegar a segundo plano, o conteúdo da Bíblia Sagrada.

Começando pela praia

Interessante que, pelo pouco que tenho lido, a respeito dos homens que se destacaram através da história da humanidade, me parece que sempre procuraram outros caminhos, que não A Bíblia, para tentar explicar a origem da vida. No final de suas vidas acabavam sempre reconhecendo, que Deus continuava, e ainda continua, acima de qualquer conhecimento já alcançado até então.

Em outras palavras, podemos dizer que todos eles praticavam o já conhecido provérbio popular: “nadavam, nadavam e sempre acabavam morrendo na praia”.  Por quê então, não começar a nadar a partir da praia? Não seria mais sensato e mais coerente?!!…

Se o homem que estiver predisposto a adquirir conhecimento, for coerente e leal consigo mesmo, começará a partir da praia e irá absorvendo e assimilando, gradativamente, os conhecimentos que lhe forem sendo disponibilizados pelo próprio Deus; essa coerência tem base bíblica…. (1: Ez. 47:2-12).

“Filho meu, não se apartem estas coisas dos teus olhos; guarda a verdadeira sabedoria e o bom siso; porque serão vida para a tua alma, e graça para o teu pescoço. Então andarás com confiança no teu caminho, e não tropeçará o teu pé. Quando te deitares, não temerás; sim, tu te deitarás e o teu sono será suave”. (1: Pv. 3:21-24) “O temor do Senhor é o princípio da ciência; os loucos  desprezam  a sabedoria e a instrução” (1: Pv. 1:7). “O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e a ciência do Santo a prudência”. (1: Pv. 9:10)

Palavras de Paulo aos cristãos

Oro constantemente por todos vocês, pedindo que Deus, o glorioso Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, lhes dê sabedoria para que vejam claramente e realmente compreendam quem é Cristo e tudo o que Ele fez por vocês.

‘Oro para que seus corações sejam iluminados de luz, a fim de que vocês possam ver alguma coisa do futuro que Ele os chamou a partilhar.  Quero que vocês compreendam que Deus enriqueceu por nós, que somos de Cristo e fomos dados a Ele! 

‘Oro para que vocês comecem a compreender como é incrivelmente grande o seu poder para ajudar aqueles que crêem nEle.  Foi esse mesmo grandioso poder, que levantou a Cristo dentre os mortos e O fez sentar-Se no lugar de honra no céu, à mão direita de Deus, muitíssimo acima de qualquer outro rei, governador, ditador ou líder. 

‘Sim, sua honra é muito mais gloriosa do que a de qualquer um outro, seja neste mundo, seja no mundo futuro.  E Deus colocou todas as coisas debaixo de seus pés e O fez o Cabeça da Igreja – que é o seu corpo, repleto dEle mesmo, que é o Autor e Doador de todas as coisas em toda parte”. (58: Ef. 1:16-23)

‘Não vos conformeis com este mundo, mas transformai-vos pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus. (1: Rm. 2:12) (grifo nosso)

‘Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo.  (1: I Co. 2:16)

‘Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.  (1: Cl. 3:2-3) (grifo nosso)

‘Porque as armas da nossa milícia não são carnais, mas sim poderosas em Deus, para destruição das fortalezas; destruindo os conselhos, e toda a altivez que se levanta contra o conhecimento de Deus e levando cativo todo o entendimento à obediência de Cristo (1: II Co. 10:4-5)”.  (grifo nosso)

Com base nestes textos bíblicos reconheço que, por mim mesma, não chegarei a lugar algum se não me submeter à autoridade Divina, concernente ao pleno conhecimento; portanto prefiro ficar com a Mente de Cristo, isto é, deixar que Ele pense por mim raciocinando sempre à luz da Sua Palavra.  Somente dessa forma me sentirei em paz comigo mesma e também com Deus.

Pensando em Jesus

Nas horas que passo pensando em Jesus

As trevas desfaço, buscando a luz;

Que horas de vida, tão doces p’ra mim,

Jesus me convida, que eu suba p’ra Si!

Da vida voando, sem nenhum temor;

Acima buscando do véu o amor;

Que doce ventura, que aspecto feliz,

Que nova natura, minh’alma bendiz.

Do mar o bramido, da brisa o langor

Da ave o carpido de doce amor,

Me falam sentidos acordes dos céus,

Me trazem aos ouvidos os hinos de Deus!

Minh’alma ansiosa já quer percorrer

A senda gloriosa que eu hei de ver;

Que coisa tão bela: oh! Que luz sem véu!

Jesus me revela mistérios do céu.  Anônimo (Harpa Cristã nº 17)

 

Continue lendo o capítulo 12: Você Pode Construir Sozinho

 

Sonia Valerio da Costa

19/11/2009

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *