Memórias de Leitura, Meu livro

Memórias de leitura

Aconteceu em 1966…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Tentando resgatar minhas memórias dessa longa trajetória do ato de ler, encontrei este pequeno cartão, recebido da Professora Isis Câmera Frias, quando terminei a 1ª série do primeiro ano primário. Para mim foi uma surpresa receber essa homenagem que acompanhava a medalha de Honra ao Mérito, por ter passado em primeiro lugar.

Ao final da solenidade de premiação, lembro-me que a professora solicitou de minha mãe uma explicação ou algo que justificasse, minha sensível facilidade para a leitura. Minha mãe respondeu apenas que eu gostava muito de ler contos de fadas e também Monteiro Lobato, mas o livro que eu mais lia, e lia diariamente era A Bíblia Sagrada.

Estou realmente revivendo aquela experiência, como se as palavras daquela professora ainda ecoassem aos meus ouvidos dizendo: “Parabéns!… então é por isso que ela lê tão bem e com tanta desenvoltura; por ter uma linguagem complexa e rebuscada, A Bíblia é o melhor livro para se desenvolver a dicção e a expressividade na leitura”.

Por ser de família tradicionalmente evangélica, recebi muito incentivo à leitura da Bíblia, e a partir de então, percebi que tinha um tesouro, em todos os sentidos, ao meu alcance.

Aquelas palavras foram meu maior incentivo à jornada da leitura, que iria percorrer em minha vida. Amo a leitura, tanto que hoje sou bibliotecária; segui essa carreira, não somente para organizar e administrar Bibliotecas, mas acima de tudo, para ter o privilégio de viver no meio dos livros, pois são meu principal objeto de trabalho…

Os livros fazem parte da minha vida!…

Não consigo viver sem eles!…

Este texto “Memórias de Leitura” é a minha história e fez parte de uma exposição em 27/10/2001, na Biblioteca Pública Monteiro Lobato (São Paulo).

Você vai gostar também de: A Medalha

 

Continua em: Dedicatória

Sonia Valerio da Costa

14/11/2009

6 Comments

    1. Sonia Costa Author

      Olá Júlio,
      Agradeço seu comentário e também por ter apreciado minhas Memórias!
      Abraços.
      Sonia Costa

      Reply
  1. Olha, eu aqui de novo, amada!
    Identifiquei-me muito contigo, quando li “Memórias de Leitura”, tive uma experiência parecida na 1ª série, também.
    Minha paixão pela leitura me deu facilidade em escrever vários tipos de textos como poemas, principalmente, letras de músicas de adoração a Deus.
    Esta paixão passou para todos os meus três filhos que escrevem, também. Cada um deles já tem um livro escrito, sem ser editado.
    Amei!
    Bjs!

    Reply
    1. Sonia Costa

      Família de escritores!!!
      Parabens!!!
      Conforme escrevi em alguma parte deste livro, procurei publicá-lo de forma tradicional. Não obtive êxito, pois quando conseguia a Editora, encontrava dificuldades com quem fizesse a apresentação!
      Depois que criei meu primeiro Blog e tive acesso às informações mais atualizadas sobre o futuro dos escritores, entendi que esta opção seria a melhor.
      Estou cumprindo as palavras de Jesus: “de graça recebestes, de graça dai” (Mt. 10:8)
      Porém, cada um tem um propósito e o meu é apenas Glorificar o Nome de Jesus e realizar-me profissionalmente.
      Quantas criações literárias que estão sendo guardadas como verdadeiros “tesouros”, que não vem a público devido a tanta burocracia.
      Mas creio que Deus dará a direção certa para vocês.
      Abraços.
      Sonia

      Reply
  2. Olá Sonia,
    Acho que não lerei apenas uma folha por dia como disse.
    Amei esse texto de suas “Memórias de leitura”.
    Os livros fazem parte de sua vida…gostei, parece comigo.
    Seria bom que todos tivessem esse hábito da leitura. Infelizmente não consegui transmitir esse gosto ao meu filho. Ele diz “detesto” ler livros. Fico triste, mas sei que uma grande parte de homens se encaixam no perfil do meu filho. Agora, minha filha, ama livros. Assim, sempre há uma compensação para o coração de mãe.
    Beijos minha linda. Fique com a paz de Deus.
    Frateno abraço,Lilian

    Reply
    1. Sonia Costa

      Oi Lilian,
      realmente nem tudo é como nós gostaríamos, mas com certeza seu filho tem outras qualidades que o fazem ser importante para você também.
      Todos nós temos o momento certo de ter um “encontro” com o prazer da leitura. Uns tem a oportunidade logo que aprende a ler e escrever; outros, somente quando adultos. O certo é que, o momento dele vai chegar.
      Deixe um livro no caminho dele que seja sobre o assunto que mais lhe interessa.
      Num primeiro momento ele até poderá desdenhar, mas depois acabará cedendo e entrando nesse mundo mágico, que é o mundo da leitura.
      Boa sorte! Você vai conseguir!
      Sonia

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *