Variedades

Sete Chaves

(Imagens Google)

Sob total sigilo e cautela absoluta. O povo costuma dizer “debaixo de sete chaves”, numa precaução historicamente inexistente. 

Essa expressão foi originada em referência às “quatro chaves”. As arcas de segredo, destinadas a guardar documentos, ouro, jóias, desde o séc. XIII em Portugal, eram de madeira sólida e com quatro fechaduras de ferro. Cada chave ficava sob a responsabilidade de um alto funcionário; às vezes o próprio Rei era um dos detentores de uma das chaves.

Assim, só seria possível abrir a arca de segredo com a presença e colaboração dos quatro detentores das respectivas chaves. O Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte possui uma dessas caixas de segredo, outrora do Senado da Câmara de Natal, na primeira metade do séc. XVIII.

(Imagens Google)

Debaixo de quatro chaves defendia-se a total reserva nas garantias da responsabilidade material e moral. Da tradicional “quatro chaves” popularizou-se “sete chaves” por ser um número cabalístico e que sempre seduziu a imaginação popular. Exs: hidra de sete cabeças, serpente de sete línguas, botas de sete léguas.

Fonte: Cascudo, Câmara. Locuções Tradicionais do Brasil.  São Paulo, Global, 2004. p. 292

Postado por Sonia Valerio da Costa
Em: 06/10/2010

9 Comments

  1. Olá Sônia querida !!!

    Nossa, não tinha a menor idéia do significado desta expressão que por muitas vezes já usei !!
    Excelente post, muito esclarecedor !!!
    Um enorme beijo !

    Reply
    1. Sonia Costa Author

      Olá Samanta,
      Fico feliz que a informação desse texto tenha sido inédita para você. Como sou curiosa e gosto de novidades. Quando encontro algo diferente, gosto de compartilhar.
      Agradeço sua participação e comentário.
      Abraços.
      Sonia Costa

      Reply
  2. Olá Sonia querida!
    Para mim foi bem esclarecedor esse seu post! Não sabia que eram quatro ao invés de sete chaves! Imagino mesmo que o número sete represente suas simbologias místicas, mas não sabia que a origem não foi essa. De qualquer forma, a quatro ou sete chaves, muita gente além de não saber o significado e sua origem, não cumpre com o propósito de guardar um segredo.
    Grande beijo e parabéns pela informação. Enriqueceu muito os meus conhecimentos!
    Jackie

    Reply
    1. Sonia Costa Author

      Olá Jackie,
      Que bom que você gostou da informação. Você tem razão quando diz a respeito da dificuldade que as pessoas encontram em guardar segredos. Tem uma frase popular que diz assim: “Se você tem um segredo e quer que todos saibam, conte para sua melhor amiga”. Triste, não?… mas é a pura realidade, pois todos nós temos um ou mais melhores amigos.
      Agradeço sua participação.
      Abraços.
      Sonia costa

      Reply
  3. Que máximo, eu não sabia disso! Eu adoro ler curiosidades como esta! Sabe que engraçado? Os conjuntos de chaves que normalmente eu tenho são de 4 peças!!! Nossa… eu posso ser de outro mundo!

    Reply
    1. Sonia Costa Author

      Olá Sissym,
      Divertido seu comentário… rsrs…
      Sabe, eu gosto de novidades e também de saber o porque das coisas… sou muito curiosa. Bem, como bibliotecária, imagine… tenho acesso a todo tipo de informação.
      Como eu gosto de novidades, também penso que esses tipos de texto agradam aos outros.
      Sempre que encontrar algum texto nesse estilo, estarei publicando aqui no diHITT.
      Obrigada por sua participação.
      abraços.
      Sonia Costa

      Reply
  4. Minha querida amiga Sonia, boa noite!!!
    Que curiosidade interessante amiga!!!
    Conhecia o ditado “debaixo de sete chaves”, mas não conhecia a sua origem, não fazia a menor idéia… agora passou a fazer sentido… Aprendi mais um pouco.
    Parabéns pela excelente postagem, adorei saber!!!
    Grande abraço e muita paz!!!

    Reply
    1. Sonia Costa Author

      Olá amigo Luis,
      Agradeço muitíssimo sua constante participação em comentar meus textos.
      Fico feliz em saber que não sou apenas eu que estou aprendendo, pois nem eu mesma sabia da origem dessa expressão.
      Na verdade, o que me prende ao diHITT são os amigos curiosos, com sede de novidades, e por isso sempre encontramos coisas inéditas. Informações comuns encontramos em qualquer noticiário; mas no diHITT encontramos notícia e informação de qualidade.
      Um grande abraço.
      Sonia Costa

      Reply

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *