Livros

SEGREDOS_PARA_UMA_UNIAO_VENCEDORA_1269291515B

Sinopse

Todas as vezes que tenho feito algum comentário sobre um livro que li e gostei, sempre apresento alguns pontos importantes, comento e no final faço um resumo e, claro, “recomendo” a leitura do mesmo.

Desta vez, com relação a este livro “Segredos Para uma União Vencedora”, fui forçada a fazer justamente o contrário. Primeiro, quero recomendar sua leitura, tanto para casados, quanto para não casados, tanto para quem quer casar, como para quem não quer assumir compromisso conjugal.

O livro é maravilhoso, com pensamentos inéditos e os assuntos são abordados com uma nova perspectiva e de uma forma conselheira que, é impossível não gostar. É impossível não grudarmos no livro e só parar quando acabar…. e ainda ficar curtindo a nostalgia de querer mais!

Conversando com o autor a respeito dessa minha dificuldade de expressar a respeito dos pontos que mais gostei (pois gostei do começo ao fim), decidi, transcrever algumas partes, para que o leitor possa comprovar que vale a pena ler este livro.

Posso dizer que este livro é um pequeno manual de situações vivenciadas em qualquer relacionamento, mas com sabedoria, a união se torna vencedora. Veja a seguir trechos do livro:

“Afetuosidade é amizade, ternura, simpatia. Afeto é inclinar-se para o amado. É remar no mesmo barco, juntos, e, ao sopro das tormentas, erguer as velas da esperança e ancorar tranquilo no cais da prosperidade.”

“Guarde a agressividade para os desafetos, não para quem ama!”

“O amor é uma música suave que o casal deve cantar a uma única voz.”

“Respeito, amistosidade e confiança são remedios que nutrem e fortalecem a relação íntima do casal, deixando sempre o amor saudável.”

“Carater: marca honorável, valor que diferencia o ouro da bijuteria.”

“Carinhos: magia que unem dois corpos para a viagem ao paraiso.”

“Ciúme: arma que fere o sentimento. Desarme-se e viva as alegrias do amor.”

“Cumplicidade: o que um deseja para o outro, deve ser reflexo do que deseja para si.”

“Minimize os defeitos e maximize as virtudes.”

“A partir da união, a vida deve sempre ser conjugada no plural, nunca no singular; amigos de um, amigos do casal; inimigos de um, inimigos do casal.”

“Manter sempre o entusiasmo, pois será um banquete saboreado a dois.”

“O casal deve enfrentar a vida como numa corrida de revezamento onde o senso de equipe precisa estar afinado, para cruzarem a linha de chegada em primeiro lugar!”

“Fidelidade é uma troca silenciosa, perene e invisível de atos fieis vindos dos propósitos dignos de uma união verdadeira.”

“Filhos: um pedaço de nós fora do nosso corpo.”

“Fingir um sentimento bom é como erigir um castelo de areia: pode desmanchar-se à primeira onda, a onda da verdade!”

Essas frases escolhidas, são apenas algumas gotas dos assuntos abordados no livro. O autor aborda muitos outros temas também, como: “incompatibilidades”,  “leviandade”, “mesquinhez”, “ofensas”,  “otimismo”, “paciência”, “perseverança”, “projetos de vida”, “reconciliação”, “responsabilidade”, ressentimento”, “romantismo”, “sacrifício”, “saudades”, “segredos”, “tolerancia”, “velhice”, “ninho vazio”. Em fim é um riqueza de conselhos e orientações, que devem ser apreciados e digeridos a dois, pois as palavras são como sementes que, caindo em boa terra germinam e dão frutos saborosos.

“E as sementes que foram semeadas em terra boa são aquelas pessoas que ouvem, e entendem a mensagem, e produzem uma grande colheita: umas, cem; outras, sessenta; e ainda outras, trinta vezes mais do que foi semeado.” (Bíblia NTLH, Mt. 13:23)

Quero concluir este meu comentário, apresentando mais um lindo texto extraido deste livro:

“Alguns amores passaram pela sua vida como os primeiros raios da manhã? Não obstante, esse raiar fugaz, haverá um que surgirá e ficará iluminando eternamente com a luz do seu olhar. Tenha-o, ele é seu. Ame,viva e seja feliz com a pessoa amada.” (p. 56)

Conheça  o autor, Inácio Dantas e também seu Blog.

Por Sonia Valerio da Costa
Em 13/09/2010
Veja comentários de outros livros em: Índice de Outros Livros

corações3

Filmes

Areias

Quando erramos por não tomarmos a atitude correta em determinada circunstância, sempre Deus nos proporciona e nos envolve em circunstâncias semelhantes, para que possamos ter oportunidade de redirecionar nosso destino.

Se pensarmos bem, perceberemos que Deus não nos dá apenas uma segunda chance, Ele nos dá diversas oportunidades para redirecionarmos nosso destino e encontrarmos a felicidade.

Se você ainda estiver “batendo cabeça”, faça uma retrospectiva em sua vida e procure se lembrar de quantas oportunidades você perdeu, talvez por orgulho, ou até mesmo por não querer dar o gosto de reconhecer um êrro.

É possível que você ainda tenha uma nova oportunidade… portanto fique atento ao que Deus está proporcionando para sua vida; para entender melhor esta minha reflexão, recomendo que você assista o filme “O Príncipe da Pérsia”.

É um filme maravilhoso! Imperdível! E tenho certeza, que depois que você assistir esse filme, você não será mais a mesma pessoa.

Algumas cenas do Filme

Alguns comentários

BOM FILME!!!

Sonia Valerio da Costa
11/06/2010
prince-of-persia 
 
 
 
Livros

 

enquantooamornaovem

“Enquanto o amor não vem”  –  Iyanla Vanzant

Quando menos esperamos, percebemos que estamos vivendo nesse meio-tempo ao qual a autora se refere. Todos nós precisamos expressar nosso amor e também sermos correspondidos.

Enquanto isso não acontece, vivemos os chamados desencontros, que sempre deixam marcas de frustrações, desilusões, desafetos que, se não forem bem trabalhados, poderemos construir muros de isolamento ao nosso redor, nos levando ao fracasso em todas as outras áreas de nossa vida (profissional, familiar, social).

Foi justamente quando estava vivenciando um desses meio-tempos que eu tive a oportunidade de ler este livro maravilhoso. Minha vida mudou pois eu pude me conhecer melhor, espelhando-me nas historias contadas pela autora.

A partir de então pude entender a necessidade de uma preparação para vivermos o dia mais feliz de nossas vidas, que é “quando o amor chegar”.

Se esse amor chegar e não estivermos preparadas para vivenciá-lo, com certeza nós o destruiremos com nossas próprias mãos. O que poderia ser bênção, passa a ser maldição e acabamos jogando fora um relacionamento que poderia ser a nossa felicidade.

Sonia Valerio da Costa
03/01/2010
Veja comentários de outros livros em: Índice de Outros Livros
barrabênçao