Livros

w

O Pr. Gary Haynes idealizou e esboçou o Projeto de publicação deste livro “Manual Bíblico de Promessas”, e também escreveu as partes iniciais: “Prefácio”, “Vivendo as Promessas de Deus” e “A Riqueza das Promessas de Deus”. Também foi ele quem escolheu as promessas bíblicas que seriam comentadas.

Tive o privilégio de conhecer este livro maravilhoso na última Bienal do Livro, em São Paulo (2010). Já havia lido alguns livros do Pr. Gary, por isso não titubeei em adquirir um exemplar desse lançamento quando li que seu nome constava como um dos autores.

Gosto de ler o livro inteiro, antes de postar meu comentário a respeito; porém, este livro tem abençoado tanto minha vida, que, por ser um manual e uma coletanea de promessas bíblicas, achei por bem promovê-lo, antes mesmo de ler totalmente o livro. Mesmo porque eu estaria sendo egoista de saborear sozinha, tão grandes promessas, acompanhadas de comentários maravilhosos e abençoados, com orientações de como tomar posse de cada uma delas e, postergar seu compartilhamento com tantas outras pessoas, que também necessitam ser abençoadas.

A parte introdutória, “Prefácio”, “Vivendo as Promessas de Deus” e “A Riqueza das Promessas” contém informações riquíssimas sobre a vida do Pr. Gary Haynes, onde ele mesmo relata sua chamada missionária, suas experiências com Deus e também nos orienta, com fundamentações bíblicas e esclarecimentos plausíveis, a respeito da importância inimaginável de termos promessas divinas ao nosso alcance.

É a manifestação imensurável do amor de Deus para conosco. Deus é imutável e, portanto, quando Ele nos faz uma promessa, nada poderá invalidá-la. Para que possamos vivenciá-las, basta que creiamos nelas. Nos três textos da parte introdutória, o escritor, Pr. Gary Haynes, nos fornece detalhes irrefutáveis do carater divino, nos levando a aumentar de forma geométrica, nossa fé e confiança em Deus.

Após a introdução, já entramos na parte descritiva de centenas de promessas bíblicas. Para cada promessa bíblica apresentada, Eldo Ferreira doa Santos e Gilsa Pancote escreveram o comentário (Lição de fé para minha vida)  em seguida um texto, para que nossa fé seja colocada em ação (Declarando a promessa).

O primeiro nos oferece esclarecimentos e maior entendimento a respeito da promessa em pauta. O segundo, que vem logo abaixo, é como uma pequena oração que podemos ler mentalmente ou em voz alta e, pela fé, tomarmos posse da promessa em questão, para qualquer área de nossa vida, que estiver precisando de uma intervenção divina.

Recomendo a aquisição deste livro, pois não é um investimento financeiro, mas sim, um verdadeiro “seguro de vida”, pois com Cristo no nosso “barco”, tudo vai muito bem!!!!

Louvo a Deus pela vida desses três autores, Gary Haynes, Eldo Ferreira dos Santos e Gilsa Pancote, que, principalmente neste livro, foram usados por Deus, como verdadeiros canais de bênçãos para a tão carente sociedade atual.

Obs: Em 11/01/2011 fiz alterações neste Post, com respeito à autoria deste livro “Manual Bíblico de Promessas”, pois  não havia ficado esclarecido que o mesmo possui três autores distintos, conforme consta agora, depois desta atualização.

Por Sonia Valerio da Costa
Em 16/10/2010
Veja comentários de outros livros em: Índice de Outros Livros

barrabênçao

Livros

SEGREDOS_PARA_UMA_UNIAO_VENCEDORA_1269291515B

Sinopse

Todas as vezes que tenho feito algum comentário sobre um livro que li e gostei, sempre apresento alguns pontos importantes, comento e no final faço um resumo e, claro, “recomendo” a leitura do mesmo.

Desta vez, com relação a este livro “Segredos Para uma União Vencedora”, fui forçada a fazer justamente o contrário. Primeiro, quero recomendar sua leitura, tanto para casados, quanto para não casados, tanto para quem quer casar, como para quem não quer assumir compromisso conjugal.

O livro é maravilhoso, com pensamentos inéditos e os assuntos são abordados com uma nova perspectiva e de uma forma conselheira que, é impossível não gostar. É impossível não grudarmos no livro e só parar quando acabar…. e ainda ficar curtindo a nostalgia de querer mais!

Conversando com o autor a respeito dessa minha dificuldade de expressar a respeito dos pontos que mais gostei (pois gostei do começo ao fim), decidi, transcrever algumas partes, para que o leitor possa comprovar que vale a pena ler este livro.

Posso dizer que este livro é um pequeno manual de situações vivenciadas em qualquer relacionamento, mas com sabedoria, a união se torna vencedora. Veja a seguir trechos do livro:

“Afetuosidade é amizade, ternura, simpatia. Afeto é inclinar-se para o amado. É remar no mesmo barco, juntos, e, ao sopro das tormentas, erguer as velas da esperança e ancorar tranquilo no cais da prosperidade.”

“Guarde a agressividade para os desafetos, não para quem ama!”

“O amor é uma música suave que o casal deve cantar a uma única voz.”

“Respeito, amistosidade e confiança são remedios que nutrem e fortalecem a relação íntima do casal, deixando sempre o amor saudável.”

“Carater: marca honorável, valor que diferencia o ouro da bijuteria.”

“Carinhos: magia que unem dois corpos para a viagem ao paraiso.”

“Ciúme: arma que fere o sentimento. Desarme-se e viva as alegrias do amor.”

“Cumplicidade: o que um deseja para o outro, deve ser reflexo do que deseja para si.”

“Minimize os defeitos e maximize as virtudes.”

“A partir da união, a vida deve sempre ser conjugada no plural, nunca no singular; amigos de um, amigos do casal; inimigos de um, inimigos do casal.”

“Manter sempre o entusiasmo, pois será um banquete saboreado a dois.”

“O casal deve enfrentar a vida como numa corrida de revezamento onde o senso de equipe precisa estar afinado, para cruzarem a linha de chegada em primeiro lugar!”

“Fidelidade é uma troca silenciosa, perene e invisível de atos fieis vindos dos propósitos dignos de uma união verdadeira.”

“Filhos: um pedaço de nós fora do nosso corpo.”

“Fingir um sentimento bom é como erigir um castelo de areia: pode desmanchar-se à primeira onda, a onda da verdade!”

Essas frases escolhidas, são apenas algumas gotas dos assuntos abordados no livro. O autor aborda muitos outros temas também, como: “incompatibilidades”,  “leviandade”, “mesquinhez”, “ofensas”,  “otimismo”, “paciência”, “perseverança”, “projetos de vida”, “reconciliação”, “responsabilidade”, ressentimento”, “romantismo”, “sacrifício”, “saudades”, “segredos”, “tolerancia”, “velhice”, “ninho vazio”. Em fim é um riqueza de conselhos e orientações, que devem ser apreciados e digeridos a dois, pois as palavras são como sementes que, caindo em boa terra germinam e dão frutos saborosos.

“E as sementes que foram semeadas em terra boa são aquelas pessoas que ouvem, e entendem a mensagem, e produzem uma grande colheita: umas, cem; outras, sessenta; e ainda outras, trinta vezes mais do que foi semeado.” (Bíblia NTLH, Mt. 13:23)

Quero concluir este meu comentário, apresentando mais um lindo texto extraido deste livro:

“Alguns amores passaram pela sua vida como os primeiros raios da manhã? Não obstante, esse raiar fugaz, haverá um que surgirá e ficará iluminando eternamente com a luz do seu olhar. Tenha-o, ele é seu. Ame,viva e seja feliz com a pessoa amada.” (p. 56)

Conheça  o autor, Inácio Dantas e também seu Blog.

Por Sonia Valerio da Costa
Em 13/09/2010
Veja comentários de outros livros em: Índice de Outros Livros

corações3

Filmes

 

Paixão3

“Dificilmente um filme é capaz de provocar emoções tão fortes como este…”

“Dirigida por Mel Gibson vencedor do Oscar em 1995, como melhor diretor em “Coração Valente”, esta é uma história de profunda coragem e scrifício que nos conta as últimas 12 horas da vida de Jesus Cristo.” (comentário de Mariane Morisawa em IstoÉ Gente)

“Ele foi ferido pelas nossas transgressões, e moido pelas nossas iniquidades: o castigo que nos trás a paz, estava sobre Ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados.” (Is. 53:5)

Este filme relata a vida de Jesus Cristo a partir do momento em que Ele sobe ao Monte do Getsêmane para orar. Sabendo que havia chegado o momento de sua cruxificação, Jesus pede aos seus discípulos que vigiem e orem, mas, sonolentos como estavam, não entenderam o que estava acontecendo. Não tinham conhecimento do propósito e nem do significado das palavras do Mestre, quando ordenou-lhes que vigiassem e orassem e por isso acabaram adormecendo.

Jesus estava em profunda agonia, pois foi naquele momento que Ele se esvaziou de si mesmo, para se entregar expontaneamente ao propósito de Deus Pai, deixando-se cruxificar, para que todo seu sangue fosse derramado e pudesse trazer perdão para a raça humana. Foi naquele momento que  Jesus venceu a todas as propostas mentirosas de Satanás e esmagou a “cabeça da serpente”; este seu ato estava simbolizando Sua vitória sobre o pecado original da desobediência. Se entregou à vontade do Pai (Deus), dizendo: “Meu Pai, se é possível, passa de mim este cálice; todavia não seja feita a minha, mas a tua vontade.” (Mt.26:39b)

Entendo que alí, teve início o processo de sua cruxificação. A partir de então, são apresentadas cenas onde Jesus vai curando e também salvando.

O reimplante da orelha de Malco o deixa atônito e se separa do grupo de soldados; isto significa que, além da cura, ele também recebeu a salvação de sua alma.

O filme é verdadeiramente tocante, pois quando vemos as imagens do que provavelmente teria sido o processo de cruxificação de Jesus, entendemos claramente que Jesus não foi apenas mais um profeta qualquer; Ele é o Cristo, Filho de Deus. Impossível não imaginar que as ruas de Jerusalém foram totalmente salpicadas pelo sangue inocente derramado gota a gota para que pudéssemos ser perdoados do pecado original e termos novamente acesso ao Pai.

Enquanto Jesus carrega sua cruz no caminho do Gólgota, o filme vai retratando os possíveis pensamentos que passavam na mente de Jesus Cristo. Quando olhava os pés dos seus algozes, se lembrava de quando lavara os pés de seus discípulos. Quando pediu água e lhe deram vinagre, se lembrou que havia se apresentado como “águas vivas” para a mulher samaritana, junto ao poço de Jacó.

Em sua vida aqui na terra Jesus cumpriu todos os propósitos de Deus e tornou realidade, cada palavra profetizada a respeito do Messias, que os judeus esperavam. Impossível assistir esse filme e continuar sendo a mesma pessoa!

Não há maior amor do que esse de dar sua própria pelos seus amigos e também pelos seus inimigos. Isto foi o que Jesus Cristo fez durante todo o seu ministério, até render seu espírito e entregá-lo ao Pai.

Palavras de Jesus durante sua cruxificação:

“Mulher, eis aí o teu filho. Eis aí tua mãe.” (para Maria, sua mãe) – (Jo 19:27-27)

“Tenho sede.” (ao invés de água, deram-lhe vinagre, para que a escritura se cumprisse) – (Jo. 19: 28)

“Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem.” (quando repartiam e lançavam sortes sobre suas vestes) – (Lc.23:34)

“Hoje mesmo estarás comigo no paraíso.” (para um dos ladrões que estava também sendo cruxificado) – (Lc. 23:43)

“Deus meu, Deus meu, porque me desamparaste?” (quando houve trevas sobre a terra) – (Mc. 15:33-34)

“Está consumado.” (após ter recebido vinagre pela segunda vez) – (Jo.19:30)

“Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito.” (na hora nona, quando o véu do templo se rasgou de alto abaixo) – (Lc. 23:46)

Este filme é uma excelente produção cinematográfica! Recomendo!

Por Sonia Valerio da Costa
Em 02/08/2010
paixnao5